CEI-Iscte e IDN promovem o projeto “Segurança humana e desenvolvimento nas relações UE - África: migrações e alterações climáticas”

O nexo segurança-desenvolvimento no contexto da UE, que se caracteriza pela conflação de preocupações tradicionais de segurança com a política geral de desenvolvimento, tem vindo a ganhar importância, especialmente desde o lançamento da Estratégia Europeia de Segurança (2003) e do Consenso Europeu sobre o Desenvolvimento (2005). Nestes documentos, a UE reconhece que não pode haver desenvolvimento sustentável sem paz e segurança e que, sem desenvolvimento e erradicação da pobreza, não pode haver paz sustentável.

No ano da Presidência Portuguesa do Conselho da UE, o Centro de Estudos Internacionais do Iscte – Instituto Universitário de Lisboa e o Instituto da Defesa Nacional promovem o projeto “Segurança humana e desenvolvimento nas relações UE – África: migrações e alterações climáticas”, coordenado pelo Prof. Luís Nuno Rodrigues e com a colaboração dos investigadores do CEI-Iscte, Inês Marques Ribeiro, Pedro Seabra e Giulia Daniele.

Esta iniciativa, co-financiada pelo Camões, I.P., visa contribuir para a produção de conhecimento e para o debate interdisciplinar e intersectorial sobre a integração das políticas nacionais e europeias de segurança humana e desenvolvimento e, no quadro destas, da securitização de questões relacionadas com migrações e alterações climáticas. O projeto procura fomentar a produção e disseminação de conhecimento sobre a integração das políticas de desenvolvimento, segurança, alterações climáticas e migrações na política externa portuguesa e europeia e estimular o interesse de alunos, investigadores, decisores e técnicos pelo tema.

Artigos relacionados

CPLP – Um novo começo?
Uma entrevista com…
Instituto da Defesa Nacional
Instituto da Defesa Nacional – 5 Publicações para ler